CHILDREN

28 palavras

Out 18, 2019 teamgunn

Palavra a palavra o Pedro vai entrando no mundo da leitura e da escrita.

Uma fada apareceu e com ela trouxe uma carta, apresentando um livro e dando palavras de incentivo a esta nova etapa. Tudo começou com a fantasia, com o mundo encantando que o Pedro tanto gosta. Ainda assim a minha ansiedade inquietava-me (e inquieta) e a cada novo dia de aulas me perguntava: ‘será que ele está bem? será que está a gostar? será que está a conseguir aprender?’.

Os trabalhos de casa começaram aparecer e apesar de não ser fã deles, a inquietude foi-se manifestando ainda mais. Noto que o Pedro chega muito cansado da escola e muitas são as vezes que adormece no caminho casa-escola. Esta rotina de acordar mais cedo e o nível de concentração ser bem diferente do pré-escolar tem sido uma prova , uma etapa a superar. Na semana passada reclamei sozinha por o Pedro trazer TPC. Segunda feira, eu sozinha (marido de viagem), fim do mês (altura de prazos e maior trabalho), a trabalhar desde as 6h da manha e o Pedro chega a casa roto, a dizer: ‘mama só faço os trabalhos de casa logo à noite. Preciso de brincar’. O que ia eu dizer? Resmunguei para mim, na esperança que a escola e a professora ouvisse – Raisparta os trabalhos! Na expectativa que fosse algo simples, espreitei e o objectivo era o Pedro ler.

‘Oh meu deus, como assim ler? ‘

Pois de facto chegamos a casa e depois de jantar abrimos o livro para tratar do dito bicho. Qual não foi o meu espanto, o Pedro leu à primeira, com uma facilidade tremenda e de uma forma tão intuitiva que até eu fiquei de boca aberta (literalmente).
Este método de ensino encaixou-se na perfeição com a personalidade dele. Aprender do geral para o particular. Da palavra às silabas, aos sons, às letras. E tudo de uma forma tão natural, tão intuitiva, quase mágica como a fada.

 

 

Fotos @ Joana Hall Photography