selfie
LIFE

Uma selfie por dia não sabe o bem que lhe fazia!

Fev 17, 2016 teamgunn

Selfie, o que revela?

Narcisismo? Ou apenas uma forma divertida de nos expressarmos?

Uma versão moderna de comunicação e valorização social? Ou é apenas uma maneira de exercer um nível de controle maior sobre como os outros nos vêem?

Uma ‘auto representação seletiva’ que aumenta a auto-estima e confiança? ou revela insegurança ?

Egocentrismo? ou o poder de exercer o seu Eu?

Um tema controverso e com pano para mangas na sua discussão.

Bom senso, equilíbrio e saúde mental não são opostos a esta moda da selfie. O lado mau das selfies está geralmente associado a transtornos emocionais/psicológicos de base. Quem geralmente perde o controlo tende a sentir-se sozinho, possuir dificuldade de relacionar-se presencialmente com as pessoas, ser muito tímido ou, por outro lado, ser exibicionista e dependente da aceitação do outro.

Uma pessoa madura geralmente partilha selfies mais espontâneas ao invés daquelas estrategicamente elaboradas e editadas. Pessoas mais inseguras tendem a partilhar selfies mais sexualizadas e exibicionistas com o intuito de receber o maior número de gostos e com isso, obtêm uma falsa percepção de que são amadas. Cria-se ilusão reforçando o comportamento narcisista de maneira cíclica. Em adolescentes então a incidência é maior que por ainda estarem em fase de construção das suas identidades tendem a ser mais inseguros e dependentes da aprovação do outro. Daí a relação entre narcisismo e baixa autoestima. Mas também temos o outro lado, as pessoas que lidam muito mal com o corpo, com o que vêm ao espelho, com o seu Eu que não são capazes de projectar a sua imagem e muito menos de encara-la. Mais uma vez o problema não é a moda das selfies e sim a pessoa, o seu estado emocional que deturpa e impede de lidar com situações do dia a dia.

Assim, aqui fica a nossa receita: uma selfie por dia não sabe o bem que lhe fazia!

 

 

IMG_7316

FullSizeRender[6] FullSizeRender[5] FullSizeRender[4] FullSizeRender[3] FullSizeRender[2]

coat Plein Sud (old), top Zara, skirt Shein, scarf Sportmax Code, shoes Eureka