LIFE

QUASE ZERO

Jul 24, 2015 teamgunn
 “Quando tu te amas, tu crias espaço para que outro alguém possa se aproximar e te amar também. 
Quando tu te iluminas, tu acolhes mais sorrisos.
Quando tu parares de implorar amor, tu estás pronto para entregar o teu.
E receber o amor que tu mereces. “
                                                                                                                                     Hudson Baroni
As partilhas de textos, frases e imagens são uma constante no dia a dia da maioria dos leitores deste blog.
Consultamos blogs, redes sociais, carregadas de lixo, tralha, sentimentos, raiva, zanga, mágoa, amor, felicidade.
Há quem partilhe tudo e faça da sua rede social o seu diário.
Há quem nada diga, e só “cusque” a vida alheia
Há os que vivem a vida dos outros como sua.
E há os que o transformam no seu ganha pão.
Há também, quem opte por transformar o seu Eu, o sentimento, o lado criativo, a veia artística, o lado que quer mostrar em blog.
São várias as formas como utilizamos a blogosfera e as redes sociais, e num rápido “zapping” de info/lixo decido ler um texto.
Aquele que faz sentido.
O caos, o momento onde perdemos noção de quem somos, o não nos reconhecermos e pensarmos que afinal já não temos nada.
Não é possível  sair do quarto dos espelhos que parecem partir em mil pedaços em nosso redor.
O negativo atrai o negativo e o acumular de momentos maus parecem cair sobre nós como um castelo de cartas.
É o momento de parar.
O momento zero da nossa vida.
Matematicamente falando será sempre uma equação de momentos traduzidos em número que na sua soma levam a um igual a zero ( =0)
Com isto quero dizer, que temos sempre uma história que é a nossa equação, e que apesar do Zero ser agora o nosso resultado, nunca começa sozinho na nossa história.
Depois de tantos números negativos, é o momento as somas e eliminar substrações. Usar o zero e transformar em novas equações positivas.
Somos obrigados a parar, a reconhecer o nosso eu, e a identificar. Avançamos? Estagnamos ou recuámos?
O primeiro passo para chegamos a algum lugar é quando decidimos que não queremos mais ficar onde estamos.
Depois desse momento, o único passo que devemos dar é em frente.
Doi, magoa, entristece, e trás saudade, mas temos que ser capazes de libertar. Só assim é permitido avançarmos, só assim conseguimos deixar os sentimentos para trás e capazes de receber novos sentimentos.
Nunca recomeçamos totalmente, pois o nosso passado pertence-nos, e faz de nós o que somos hoje, mas do passado devemos manter as coisas boas, as experiências, os nossos sonhos, quem nos ama e quem nos faz bem.
Transformar os nossos sonhos e realizarmo-nos.
As resoluções de um novo ano são um bom exemplo. O que idealizamos, sonhamos e desejamos.
Seguimos em frente?
Usámos as nossas resoluções?
Nunca senti necessidade da resolução de um novo ano pois sempre me senti como uma resolução em constante alteração.
Durante muito tempo penso no passado e se me reconheço, se sei quem sou.
O meu lema foi sempre trata bem do teu EU e serás capaz de conquistar o mundo e todos aqueles que o rodeiam.
Gisele Budchen acredita que as mulheres devem se colocar em primeiro lugar.
É muito importante que você se nutra e se cuide,” disse ela. “Sabe quando dizem no avião que você deve colocar a máscara de oxigênio primeiro, antes de colocar em seus filhos? Então, como mãe, eu penso que me cuidar é a mesma coisa. Provavelmente, você se sentirá culpada, mas ao colocar a máscara de oxigênio primeiro, eu me sinto mais preenchida, presente, e bem comigo mesmo, então eu serei uma mãe e esposa muito mais paciente, amorosa e compreensiva. Você deve encher seu copo primeiro para que todos possam beber dele. É assim que eu penso.”
Sempre achei este exemplo óptimo para exprimir quem sou.
Se não nutrimos a nossa energia, não teremos forças para as mudanças.
Temos que ter capacidade de desligar e ouvir nos.
Ouvir o que o nosso coração manda e em que direcção quer seguir.
Não ter medo de deixar para trás, aceitar as mudanças
No fundo tudo de resume a Amar
Amor próprio para assim termos capacidade de amar os outros.
Esperança, porque é a última a morrer 😉
Força
e
Coragem, pois sem ela, não somos capazes de ir ao zero, não somos capazes de lutar e recomeçar. Decidir para lutar e Recomeçar
“Porque cada dia da nossa vida é um novo começo, uma nova oportunidade de ser quem queremos ser, de sentir o ar, o sol e as estrelas; mas, principalmente, é uma nova oportunidade de sentir o rumo que o nosso coração nos indica. Os melhores começos chegam após os piores finais”
                                                                                                                                                                                                                                  Juliana Martinez
Agradeço à Paula pelo momento de partilha 😉

vscocam-photo-1 vscocam-photo-2 vscocam-photo-3 vscocam-photo-4 vscocam-photo-5vestido (dress) pé de chumbo